Quinta-feira, 11 de Maio de 2006

abrilhantar

Foto de Wantuch em Imagens

Inflamo no negro, ilustro a candura
Inspiro o propósito, incendeio a pintura.

Cerra a alvura, em arrebatado prazer.
Desvelo na noite, a pálida impressão... de te ver!


Mike às 16:03
| Parêntesis | Enlaça-me...
22 comentários:
De nuno cabruja a 3 de Maio de 2007 às 22:31
Lindo poema.
Parabens


De Lilian Paula a 16 de Maio de 2006 às 15:42
Da escuridão abro espaço à penumbra, para ver teu rosto se encher de prazer... e no verde dos teus olhos me perder!!!
Adorei o poema!!!


De Bill a 15 de Maio de 2006 às 14:12
Ola cheguei aqui atraves do blog da querida "Mily".
Simplesmete lindo tudo aqui, suas palavras são fortes e contem uma poesia pura que leva a imaginação para lugares a pensar e tudo que se pode.
Simplesmente lindo.

Parabens,

Otimas semana.


De Maggie a 15 de Maio de 2006 às 12:42
Sustive a respiração e reli... Lindo. Não está certo, deixas-me sempre sem palavras. Beijo na alma.


De Serpente Emplumada a 15 de Maio de 2006 às 01:17
Que sonhos nesta ausência de luz ( que no que toca ao resto, tem muito pouco de ausência!) Boa semana! [ ]


De Angel of Obscurity a 14 de Maio de 2006 às 14:42
As pessoas que marcam a tua vida são aquelas que se preocupam contigo, que cuidam de ti, aquelas que de algum modo estão contigo. Reflecte um momento.



A vida é muito curta! Tu, em que lista estás? Não o sabes?... Permite-me dar-te uma ajuda... Não estás entre os famosos, mas estás entre aqueles que eu recordo para mandar esta mensagem.



Há alguns anos atrás, nas Para-olimpíadas de Seattle, nove atletas, todos mentalmente ou fisicamente debilitados estavam prontos na linha de partida dos 100 metros. Ao disparar da pistola, iniciaram a corrida, não todos correndo, mas todos com vontade de chegar e vencer. Enquanto corriam, um dos concorrentes caiu no asfalto, deu umas cambalhotas e começou a chorar. Os outros ouviram-no chorar. Abrandaram e olharam para trás. Pararam e voltaram atrás... Todos. Uma menina com a síndroma de Down sentou-se perto dele e começou a beijá-lo e a dizer-lhe:Agora estás melhor? Então abraçaram-se todos e os nove caminharam em direcção à meta. No estádio todos se levantaram e, aplaudiram durante vários minutos.



As pessoas que estavam presentes continuam a contar esta história.Porquê? Porque dentro de nós sabemos que: - A coisa mais importante na vida vai além de vencer por nós mesmos. A coisa mais importante nesta vida é ajudar os outros a vencer, ainda que obrigue a abrandar e mudar a nossa corrida.



Se enviares esta mensagem aos teus amigos, talvez consigamos mudar o nosso coração e o dos outros...



"Uma vela nada tem a perder acendendo outra vela":)

O texto está fantastico.. uma passagem, que mistura o sublime com o real.. :)
Abraço de Angel, um bom Domingo :)


De Mily a 14 de Maio de 2006 às 05:24
Gosto de poemas assim... versos curtos, mas que dizem tudo. Vim deixar-te um beijo envolto numa macia pétala de flor que colhi agorinha mesmo... do coração! Um domingo do jeitinho que tu o vais criar.


De raiodeluz a 12 de Maio de 2006 às 18:17
Belissimo....obrigado pelas palavras que deixaste em meu espaço...
gosto do mundo dos blogs, as pessoas falamo com o coração, e aqui...é mais um belo lugar para se estar...
bjo grande e bom final de semana pra vc!


De raiodeluz a 12 de Maio de 2006 às 18:16
como é lindo tupo por aqui...
obrigado por tuas palavras la no meu espaço, espero que volte quando quiser...
a imagem esta linda...a musica e o texto, envolvente!
bjos e otimo final de semana.


De raiodeluz a 12 de Maio de 2006 às 18:15
como é lindo tupo por aqui...
obrigado por tuas palavras la no meu espaço, espero que volte quando quiser...
a imagem esta linda...a musica e o texto, envolvente!
bjos e otimo final de semana.


Comentar post

Sopro de Vento

My Immortal
Evanescence

Frio

Novembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Março 2007

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Morno

foi em novembro...

amour volant

lado a lado

Laços...

um ano...

eclipse

grito de inocência

pássaro do tempo

amor

rede de luz

Quente

subscrever feeds