Quinta-feira, 22 de Junho de 2006

berço

Meia Praia

É terra, origem, mar… é água, é infância… é o nosso lugar.
Abertura no tempo, sublime sereia,
voz que insinua p’ra escolhos escondidos,
perdidos na areia.
Enrolados p’la onda, combinam-se os corpos,
náufragos vivos em trajes soltos.
Ao alto a cegonha,
cúmplice testemunha de um berço diferente,
no conforto do abraço,
num laço de gente.

Mike às 14:14
| Parêntesis | Enlaça-me...
34 comentários:
De MJose a 7 de Agosto de 2007 às 02:20
Hoje,agora, vim ate aqui.
No silêncio, apenas ao sabor da musica
Sonhar???
Não.
"Adormecer um pouco,,, esquecer ... "
Deixa-me descansar só um pouco.
assim, sem mais nada.
vim ate aqui, ver a água,
este cantinho de mar.
beijo


De latido a 3 de Julho de 2006 às 21:55
olá gostei do teu blog vizita-me:

http://sitefixe.blogs.sapo.pt



De Angel of Obscurity a 29 de Junho de 2006 às 02:43
Está simplesmente sublime amigo.. Gosto tanto das palavras de soltas em rugidos tão doces..
Também andas ausente, assim como eu. Pois, o tempo a mim é-me escasso. Mas ex-me aqui! :)

Deixo-te um abraço enrolado em amizade..


De conchitamachado a 28 de Junho de 2006 às 15:26
Agradeço imenso sua votação para as Quadras Populares feitas por jovens estudantes...

O resultado final já se encontra lá no canto.

Voltarei com mais Tempo para Ver/Ler em mais pormenor este Espaço que admiro!

Beijo com carinho
ConchitaMC.


De conchitamachado a 28 de Junho de 2006 às 15:25
Agradeço imenso sua votação para as Quadras Populares feitas por jovens estudantes...

O resultado final já se encontra lá no canto.

Voltarei com mais Tempo para Ver/Ler em mais pormenor este Espaço que admiro!

Beijo com carinho
ConchitaMC.


De Maria a 28 de Junho de 2006 às 13:39
Anjo de mim invoco,
Para te dar duas palavras...
Para ti, estejas onde for,
Para ti, a quem quero com ternura...

Nas palavras,
Na noite, no céu,
Em todos os lugares…

Procuro o código, a palavra-chave...
O teu abraço...
Um berço para poder repousar!
O mar,
Onde sentir a onda,
Toque de uma concha,
Brisa, beijar meu rosto...
Percorrer meu corpo,
Adormecido na areia quente de praia deserta...

Minh' alma precisa de uma resposta...
Ensina-me a Amar de novo, na Vida!
**
Um abraço


De Daniel Aladiah a 28 de Junho de 2006 às 11:05
Caro Mike
Há muito de natalidade por aqui... ou sou eu a imaginar coisas :)
Um abraço
Daniel


De Afrodite® a 26 de Junho de 2006 às 19:43
Que misto de beleza... Só tenho a agradecer... Por isso, resolvi homenagear vc... Que está sempre ao meu lado... Me dá a honra de uma visita pra mode a gente tomar um cafézinho ? http :/ templodaseducao.zip.net / Com amor, Afrodite® ;)


De Noite a 26 de Junho de 2006 às 17:50
O oceano, profundo como a noite, transporta-nos para as recordações de um passado onde o brilho e a luz se faziam acompanhar do calor do sol radiante, e da frescura desse mar ondulante.


De aroma a 26 de Junho de 2006 às 16:59
Palavras envolventes de uma doçura salgada...


Comentar post

Sopro de Vento

My Immortal
Evanescence

Frio

Novembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Março 2007

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Morno

foi em novembro...

amour volant

lado a lado

Laços...

um ano...

eclipse

grito de inocência

pássaro do tempo

amor

rede de luz

Quente

subscrever feeds