36 comentários:
De MalucaResponsavel a 10 de Agosto de 2006 às 11:38
Olá,
será q existe esse retorno? pq as csas q nos acontecem nc nos permitem voltarmos a ser iguais... digo eu. bj


De MJ a 9 de Agosto de 2006 às 18:43
...
Não há retorno perfeito, mesmo que o queiramos...
Podemos aceitar ou desejar de volta, um sonho, uma história passada, mas nunca nada voltará a ser igual....

Se seguramos , invertemos, libertamos ou cedemos...

Entre formas e normas, onde nos (re)inventamos...

Talvez regressando ao lugar de "partida", como se momentos da vida fossem círculos traçados , unindo vários pontos...

Podemos ser como a água do mar,no seu constante movimento ou, inversamente, um lago, comprimido pelas margens...
Aí, talvez o vento, num abraço, permita algum movimento!
Nesse sopro suave, o lago não se sentirá tão
perdido...
E, suas águas, poderão sentir alguma hipótese de retorno ao mar, quando o calor do sol , ao amanhecer, levar algumas gotas ... em "passeio", nas "asas" do vento!


De su a 9 de Agosto de 2006 às 14:14
Há valsas que não podem mesmo prender.
:/

Bjs.


De Daniel Aladiah a 9 de Agosto de 2006 às 12:20
Caro Mike
Olham-nos em função das janelas que abrimos...
Um abraço
Daniel


De blueshell a 9 de Agosto de 2006 às 11:20
Querido Mike:
Adorei a tua visita à minha Concha e ...o convite para o tal chocolate quente! Contudo....já não estou em S. Pedro de Moel! Claro que iria de bom grado ao Bamby...mas neste momento estou em casa...no meio das serras, das giestas...que também adoro! Todos os anos vou a S. Pedro! è mais que uma tradição-.é uma forma de vida, hehehehe...adoro S.Pedro, água de Madeiros, Pedra do Ouro...
São as únicas praias que frequento com gosto, pronto!

Quando voltar a S. Pedro te direi!

Um Beijo enorme e Azul!
BlueShell


De carla a 8 de Agosto de 2006 às 23:34
Atrevo-me a sublinhar as tuas palavras... adorei, mas ao mesmo tempo fiquei sem palavras para descrever o que senti ao ler... simplesmente, adorei!
Sorrio-te


De carla a 8 de Agosto de 2006 às 23:34
Atrevo-me a sublinhar as tuas palavras... adorei, mas ao mesmo tempo fiquei sem palavras para descrever o que senti ao ler... simplesmente, adorei!
Sorrio-te


De su a 8 de Agosto de 2006 às 15:35
...deixo um beijo...isso deixa-se?! : )

Eu deixo!

:)


De adryka a 8 de Agosto de 2006 às 15:29
Olá poema quente como quente está o tempo :)
Beijos


De Serpente Emplumada a 7 de Agosto de 2006 às 21:22
Plácida, a musica, nessa tua ida e volta a um mundo só...vosso. eheh. Abraço!


Comentar post