Quinta-feira, 21 de Setembro de 2006

rede de luz

Foto de Cannelle em cannelle.org
Trek Earth

No campo da contenda,
observo prudente a trama escondida.
Entre extintos guerreiros de batalha,
adianto os passos em direcção ao sonho.
Pelo caminho, rabisco feridas e flores,
gravo palavras no ar de um
canto que desejo ofertar.
São gritos e gemidos, choros e ungidos,
são campos verdes de cor, são histórias de amor.
À rede persigo, na rede sou caça,
não há combate que não se faça!

Mike às 16:00
| Parêntesis | Enlaça-me...
23 comentários:
De Mnemosyne a 28 de Setembro de 2006 às 15:28
Persistente e tranquilo, calmo e voraz...assim sustenhas sempre o teu estandarte. Excelente!!


De Magia a 28 de Setembro de 2006 às 11:18
E se...


De micas a 28 de Setembro de 2006 às 07:37
Bonito um Amor assim, terno e meigo.
A tua poesia é soberba.
Beijinho


De su a 27 de Setembro de 2006 às 15:46
...há dias bonitos assim...em que se alcança efectivamente a Lua. : )

Novembro parece-me um bom mês...não será um qualquer pelos vistos! ; )

Um beijo aqui da Teia.


De Suzy a 27 de Setembro de 2006 às 14:09
Olá Caçador;)
Vim-te visitar, deixar-te um beijinho com carinho, desejar-te um resto de uma boa semana :)
Lindo poema...


De Afrodite® a 26 de Setembro de 2006 às 17:32
Oi meu amor...
Quanto tempo não o vejo em minha casa... :(
Aliás... Mudei, quando puder, venha me visitar?
http://www.templodaseducao.blogger.com.br/
Bjo Meu!
;)


De Princesa a 26 de Setembro de 2006 às 12:23
Meu doce,
Obrigada por estares sempre comigo,
Por afagares o meu cabelo e me carregares nos teus braços.
Sem ti nada faria sentido, um belo dia chamaste-me de Princesa, e nesse momento soube que tínhamos uma viagem para fazer juntos.
O meu mundo é a tua cor; a minha alegria é o teu rir; o sentido da minha vida é a tua mão.
Mais logo vou soprar um bouquet de velas, vou abdicar do meu desejo para formular um para ti!
Beijo, meu poeta...
Princesa


De Secreta a 25 de Setembro de 2006 às 09:34
Passo para deixar um beijito.
Confesso que fiquei mais uma vez surpreendida com as tuas palavras... Lindas...


De mulher rochedo a 24 de Setembro de 2006 às 15:51
Lindo este poema ja ha mto k nao vinha aqui pq tinha perdido o endereço mas hoje encontrei ...

desejo te um bom domingo e uma excelente semana

bjos


De Mily a 24 de Setembro de 2006 às 01:20
Que nesse enredar... que no rabisco de feridas e flores... conquistes a tua Primavera!

Beijos, meu querido, nessa tua alma tão doce de poetar tão dolente. Te adoro, viu?



Comentar post

Sopro de Vento

My Immortal
Evanescence

Frio

Novembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Março 2007

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Morno

foi em novembro...

amour volant

lado a lado

Laços...

um ano...

eclipse

grito de inocência

pássaro do tempo

amor

rede de luz

Quente

subscrever feeds