Quinta-feira, 12 de Outubro de 2006

grito de inocência

Foto de Paul Faith


Perdido em segundos de revolta,
Cresce a rebeldia num fogacho de inocência.
Loucura, carência, ventura ou indolência?!
Desejo, inconformismo, imperfeito ou sanidade?!
Eterna guerra sem dó ou piedade!
Salvem-se, amem-se!

Mike às 09:29
| Parêntesis | Enlaça-me...
36 comentários:
De Princesa a 13 de Outubro de 2006 às 09:45
E pudesse a inocência ser para sempre o meu padrão de vida...

Um beijo e tantas saudades...volta logo sim?
Ta petite Princesse


De anacanela a 12 de Outubro de 2006 às 21:05
é urgente!! :) porque poesia não são só palavras doces...são sobretudo palavras urgentes, gritos, purezas, revoltas, olhares, forças, abraços...abraço


De LC a 12 de Outubro de 2006 às 15:28
Que mistura!
....de sentimentos. inseguranças, incertezas....
Seremos rebeldes?!
...ou simplesmente procuramos salvar-nos desta eterna guerra, ...que são várias?!
So o Amor é real!
Assim nao teremos duvidas, nem incertezas, nem inseguranças,.....nem guerras....nem lutas!


De Serpente Emplumada a 12 de Outubro de 2006 às 14:09
Um grito de inocência, tão esmagado e ultrapassado pelos lordes soberanos do nosso mundo... bela foto! o puto bem que pode gritar, ninguem o ouvirá, as bombas continuarao a cair. abraço


De cristina a 14 de Outubro de 2006 às 05:08
Que foto bonita... e o texto sempre magnifico!
Beijinhos e saudade...


Comentar post

Sopro de Vento

My Immortal
Evanescence

Frio

Novembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Março 2007

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Morno

foi em novembro...

amour volant

lado a lado

Laços...

um ano...

eclipse

grito de inocência

pássaro do tempo

amor

rede de luz

Quente

subscrever feeds