Terça-feira, 24 de Julho de 2007

lado a lado

Foto de Peter Torsal em Imagens


“Os dias são iguais já sem saudade, nem vontade,
aprendendo a não querer mais, do que o que resta...”

O relógio marca as noites em pulsos diferentes, em dias repetidos de sonhos iguais...

“Aprende-se a conter o gesto, a raiva, o protesto, e hà um dia em que a alma nos rebenta nas mãos!”

Feito de um querer sem vontade, de um olhar cego onde parece não existir um rumo onde se possa simplesmente caminhar...

“...de olhos fechados, outro dia, lado a lado!”

E quando o tempo chora lágrimas de saudade,
é preciso querer devorar a vida, reinventar os sonhos,
redescobrir a simplicidade de um grão de areia num sorriso!

Não esperes por mim, caminha ao meu lado...

Mike às 14:39
| Parêntesis | Enlaça-me...
17 comentários:
De Anjo a 13 de Agosto de 2007 às 17:40
Não existe nada melhor que ter alguém ao nosso lado...a complementar-nos!
Beijo


De Claudia Perotti a 7 de Agosto de 2007 às 13:41
Menino,

Só ontem chegou o postal de vocês. Amei!
Agradeço o carinho!!!!

Beijinhosssss


De miosotis a 4 de Agosto de 2007 às 12:54
Muito bonito este poema cantado por Mafalda Veiga ... embora ñ aprecie esta cantora, reconheço q a letra é linda...

Coisa doce caminhar lado a lado, sem pressas nem distâncias, apenas sentir o ombro do outro junto a nós e o seu passo a passo do nosso!

Excelente f-s!
bjs



De su a 3 de Agosto de 2007 às 03:41
Como "ali ao lado" vim dar aqui uma espreitadela! Deixar um beijinho de bom fim-de-semana.
Vou dar um mergulho até lá abaixo...quem sabe não passo pelo PA do Cláudio?! Era bom! ; )



De Serpente emplumada a 3 de Agosto de 2007 às 01:40
Palavras de simplicidade, que já foram encontradas por mim noutro recanto gémeo, em espelhos refectidas...será coincidência ou sintonia... É um prazer revisitar-te,
Abraço Mike


De Ana_Boxexas a 31 de Julho de 2007 às 23:59
Em sonhos partilhados, na quietude de um tempo embalado pelo mar imenso, na ternura de mãos dadas, nos momentos que nos fazem acreditar, sempre lado a lado.. no silêncio que transborda laços que unem e já não se soltam... sempre... lado a lado. Beijo enorme*


De MJose a 30 de Julho de 2007 às 21:34
...lado a lado...
"Aprende-se" na lágrima , no riso na saudade...
na raiva que se esbate ,no grito que se cala ou se diz...
"Aprende-se" que o que resta pode ser a redescoberta de novos gestos, o acordar e saber ver na Vida, quando já nada se espera...
Um sorriso e um novo caminhar...
Reinventam-se sonhos e surgem surpresas inesperadas!

Tudo de bom.
Beijos


De somentebia a 30 de Julho de 2007 às 19:51
Encontros... desencontros... saudade... lembranças... solidão...

Chega um momento em que apenas queremos uma presença ao nosso lado... caminhando ao lado... nada mais a desejar, pois os sonhos se encarregaram de apagar os próprios sonhos...


De nancy moises a 27 de Julho de 2007 às 21:51
Ops voltei esqueci de te falar que adorei a musica .. linda demais.. bjs


De nancy Moises a 27 de Julho de 2007 às 21:49
Eii vim te ver de novo e de deixar um carinho e um beijo , um otimo final de semana.

Aqui um friozinho muito bom rsrs bjs


Comentar post

Sopro de Vento

My Immortal
Evanescence

Frio

Novembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Março 2007

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Morno

foi em novembro...

amour volant

lado a lado

Laços...

um ano...

eclipse

grito de inocência

pássaro do tempo

amor

rede de luz

Quente

subscrever feeds