Quinta-feira, 23 de Março de 2006

sombras

Foto de Thomas Doering em Imagens





As sombras desvanecem em flores e desejos.
São sabores, são mistérios...despertam beijos.

Quando chega a primavera os corpos seduzem,
No brilho dos lábios, folguedo o prazer,
abraços cruzados, suspiro escondido
entregas de amor que não posso conter.

As sombras recorrem a espaços sombrios.
São fados, são regra...são os meus desafios!


Mike às 16:50
| Parêntesis | Enlaça-me...
36 comentários:
De Princesa a 6 de Abril de 2006 às 14:40
Só passei para retribuir o beijinho...sinto muito a tua falta!


De Neith a 29 de Março de 2006 às 17:49
Porque me apeteceu...beijinhos


De moonlight a 29 de Março de 2006 às 17:08
Lindo, simplesmente lindo


De moonlight a 29 de Março de 2006 às 17:07
Lindo.....simplesmente lindo


De Lilian Paula a 29 de Março de 2006 às 14:00
Adorei esses desafios!!! bom né?!


De influências a 29 de Março de 2006 às 10:33
Depois de uma longa ausência por estes belos e sentidos recantos, íeis-me levantado das brumas e de volta a este teu canto, que com enquanto nos toca, com suavidade, com alma e sentimento que nos enriquece. Hoje enterro parte do meu recente passado e volto a sentir, e volto a viver. Foi bom voltar e encontrar aqui a mesma harmonia de sempre e recordar o passado com estas palavras do presente que farei por emendar aquelas que espero dizer no futuro. Foi bom voltar e encontrar-te aqui. Um abraço.


De Trini a 28 de Março de 2006 às 18:08
Gracias por tu comentario en mi Blog.

Las sombras son las flores del deseo... Muy bello.

Abrazos


De Anónimo a 27 de Março de 2006 às 23:11
Ai a Primavera é terrivel...as hormonas começam aos saltos...
belissimo poema, como sempre.
A foto está de uma sensualidade brutal.


De Desconhecida a 27 de Março de 2006 às 23:10
Ai a Primavera é terrivel...as hormonas começam aos saltos...
belissimo poema, como sempre.
A foto está de uma sensualidade brutal.


De Mily a 27 de Março de 2006 às 20:04
Que hajam desafios não só na primavera, mas em todas as estações. São eles que nos impulsionam a crescer, a redescobrir-se, a atuar na renovação de nós mesmos. Mas que no final seja sempre a primavera a cobrir de flores o teu caminhar. Beijos carinhosos pra ti, meu anjo!


Comentar post

Sopro de Vento

My Immortal
Evanescence

Frio

Novembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Março 2007

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Morno

foi em novembro...

amour volant

lado a lado

Laços...

um ano...

eclipse

grito de inocência

pássaro do tempo

amor

rede de luz

Quente

subscrever feeds